Galo vence o Flu mais uma vez e está nas semifinais da Copa do Brasil

Galo vence o Flu mais uma vez e está nas semifinais da Copa do Brasil

 

 

Por O TEMPO

O Atlético está nas semifinais da Copa do Brasil. Com mais uma vitória sobre o Fluminense, o Galo demonstrou o porquê é um dos favoritos ao título da competição. O gol marcado por Hulk, de pênalti, fez justiça ao melhor futebol e à qualidade dos comandados de Cuca.

 

Com a classificação, o Galo vai encarar o vencedor do duelo entre Fortaleza e São Paulo, que jogam na sequência no Ceará. No primeiro jogo, houve empate em 2 a 2. 

 

O primeiro tempo parecia que o Atlético iria engrenar a qualquer momento. Muitos toques de bola tentando pressionar o Fluminense, mas o Galo pouco assustava Marcos Felipe. A explicação foi a boa postura defensiva do time carioca.

Além disso, os donos da casa pecavam muito no último passe. E erros infantis cometidos pela defesa quase complicaram a vida do Galo. Fred, de cabeça, parou nas mãos de Everson, que fez brilhante defesa, após saída errada da defesa. Everson já havia rebatido uma bola nos pés de Luis Henrique, que mandou para fora.

Mas no segundo tempo, como de costume, o Galo melhora. E foi assim diante do Fluminense. Depois de duas chances claras, com Nacho e Zaracho, vindas dos pés de Diego Costa, que entrou no lugar de Vargas, o Galo chegou ao gol.

Mariano cruzou na área e Danilo Barcellos pulou com os braços abertos. A bola pegou em um deles e o pênalti foi assinalado por Raphael Klaus, após consulta ao VAR. Hulk cobrou com categoria, aos dez minutos.

 

 

Com o gol, o Galo ficou à vontade e perdeu chances em sequência. Se forçasse, poderia ter tido um placar mais elástico. Mas a classificação já estava garantida e os minutos de jogo foram apenas protocolares para o Atlético até o final.

 

Atlético 1 x 0 Fluminense

Motivo: jogo de volta das quartas de final da Copa do Brasil 2021

Local: estádio Mineirão, em Belo Horizonte (MG)

Gols: Hulk (A)

Cartões amarelos: Zaracho (A); Yago Felipe (F)

Atlético

Everson; Mariano, Igor Rabello, Alonso e Arana; Allan, Jair (Keno), Zaracho (Réver) e Nacho (Sasha); Hulk e Vargas (Diego Costa). Técnico: Cuca

Fluminense

Marcos Felipe; Samuel Xavier, Nino, Luccas Claro e Danilo Barcellos; Wellington, Yago Felipe e Nonato; Luis Henrique, Fred e Caio Paulista.