Confira quanto cada município deve receber por meio do acordo com a Vale

Belo Horizonte será a cidade que receberá o maior repasse: R$ 50 milhões

Confira quanto cada município deve receber por meio do acordo com a Vale
Proposta de repasse aos municípios partiu dos deputados Foto: Denilton Dias

 

Por PEDRO AUGUSTO FIGUEIREDO

12/07/21 - 18h48

O projeto de lei do acordo com a Vale vai destinar, por meio de uma emenda dos deputados, R$ 1,5 bilhão aos municípios mineiros de forma proporcional à população de cada cidade.

Deputados estaduais e o governo Zema ainda costuram os últimos detalhes do texto, que deve ser votado na quarta-feira (14) em plenário. Embora mudanças possam ocorrer, elas não deverão ser feitas na quantia já definida que cada cidade vai receber.

Cada prefeitura vai poder decidir em quais obras irá gastar o dinheiro, desde que esteja em conformidade com o que foi definido no acordo com a Vale.

Os deputados dividiram os recursos de acordo com faixas populacionais conforme a população estimada pelo IBGE para 2019. A cidade que mais vai receber é Belo Horizonte, com R$ 50 milhões. Há um piso de R$ 750 mil.

Confira a lista:

Belo Horizonte: R$ 50.000.000,00

Uberlândia: R$ 30.000.000,00

Contagem: R$ 30.000.000,00

Juiz de Fora: R$ 30.000.000,00

Betim: R$ 15.000.000,00

Montes Claros: R$ 15.000.000,00

Ribeirão das Neves: R$ 15.000.000,00

Uberaba: R$ 15.000.000,00

Gov. Valadares: R$ 15.000.000,00

Ipatinga: R$ 15.000.000,00

Sete Lagoas: R$ 15.000.000,00

Divinópolis: R$ 15.000.000,00

Santa Luzia: R$ 15.000.000,00

Municípios de 100 mil a 200 mil habitantes: R$ 7 milhões cada

Municípios de 50 mil a 100 mil habitantes: R$ 5 milhões cada

Municípios de 25 mil a 50 mil habitantes: R$ 2,5 milhões cada

Municípios de 15 mil a 25 mil habitantes: R$ 1,5 milhão cada

Municípios de 5 mil a 15 mil habitantes: R$ 1 milhão cada

Municípios até 5 mil habitantes: R$ 750 mil cada